quarta-feira, 2 de junho de 2010

Voltando às coisas simples da vida



Bem... Eu fiz um blog novo, eu sei. E também parei de escrever nele, também sei... Obrigações do dia a dia me afastaram do Third Place e do Too Much Coffee... Nada de errado, é por motivos mais do que justos.


Eu fiz o Third Place como um “filhote” do TMC, e pretendia escrever só no segundo... Mas uma repórter de uma revista semanal entrou em contato comigo fazendo certas observações sobre o blog como ela gostou e eu percebi que ele não só fala de terceiros lugares, mas ele mesmo pode ser um, ainda que virtual. Até pensei em voltar a falar das coisas simples e bacanas no TMC e falar só de terceiros lugares legais que descubro no TP. Mas se mal tenho tempo para escrever em um, que dirá em dois...

Quando me refugio num Starbucks, poltrona devidamente voltada pra “vida lá fora”, mil ideias assaltam a cabeça... E quase nenhuma vira texto. Tou dando um jeitinho nisso. Sem moleskine (frescurine, pois qualquer caderninho caprichado serve, sem necessidade de se exibir e mostrar “olha como eu tenho grana pra comprar uma droga dum caderno importado” que é igual a tantos outros de outras marcas e dez vezes mais baratos) ou netbook na mochila. Tou tomando jeito.

Quero voltar a falar das coisas simples e boas, que eu mesmo encorajo tanta gente a perceber, porém eu mesmo estava esquecendo. Desde lamber a nata que fica na tampa do iogurte até uma premiação no seu ramo de trabalho. De passear com um copo de café quentinho na mão numa tarde fria a receber a notícia do nascimento de um novo bebê na família. Tudo conta.

Na medida do possível, vou me libertar de certos pesos, certas máscaras impostas, certos compromissos forçados pelo exterior e não conquistados ou almejados por nosso interior... E volto à minha higiene mental bloguística.

Mesmo que os posts sejam curtos, quero voltar a falar das coisas bacanas e simples. E, se possível, quero que quem leia também fale das suas nos comentários. Quem sabe um comentário não acaba virando um novo post?

Vamos lá. Espero que seja tão gostoso quanto era quando comecei nessa de blogs.

E não me cobrem revisões! Aqui o texto sai do jeitão que vem. Vai ser legal de novo.

Abração a todos!

6 comentários:

Lenira disse...

hehehe, é assim que se fala. Esse é o Marcelo que conheci e que ja tava fazendo falta. Bjm p vc.

Mulheres Normais disse...

Ainda bem que me cobra mas tb faz um "mea culpa". rsrs
O meu foi longo, mas vou seguir seu conselho de ser mais simples e falar dos pequenos detalhes de que são feitos os nossos dias. Por exemplo: hj eu fiz biscoitinhos e lembrei de você...
Beijos!

Camyli Alessandra disse...

Oi,
eu tbm tinha um blog no Uol O ENDEREÇO éra mylinda.zip mudei para o blogger ja faz 3 anos e ai quando tu vai começar a postar hein hauhauahuahua

foi sem querer querendo disse...

Tem dias que não estou com vontade de escrever, mas sim, de ler. Algo bom, que me tire um pouco da rotina. Vez ou outra me lembro deste lugar e do outro, o TMC, como vc diz. Aí me deparo com a última postagem lida. Ai, que triste! Sim, eu entendo que a vida segue, muda, corre...e às vezes vamos juntos ou não; ou é simplesmente a vontade de fazer outra coisa. Entendo. Mas lamento.
Deixo aqui registrada minha lamentação pela falta que suas "cotidianices" fazem por vezes.
Abraço.

Anônimo disse...

Disse uma vez, no TMC, que vc deveria portar uma tarja preta sobre o risco de vício...lembra? Pois é...rss..vivi sem, nem fiz crises sérias de abstinência, mas tive uma recaída. Foi gostoso ler os ultimos posts do TMC, legal conhecer o TP...faz falta. Sorte, saúde e $uce$$o!!!

mc disse...

Lembro do seu comnentário sobre a tarja sim, rsrs. E do "agitar antes de usar", rs. Que mal lhe pergunte... Por onde vc anda? Como acho vc? Queria pôr os papos em dia. Dá um contato. mc